Leonardo da Vinci, o especialista em efeitos especiais do século XVI |

Além da infinidade de outros inventos, Leonardo da Vinci criou  alguns brinquedos mecânicos, entre eles um autômato humanóide considerado uns dos primeiros protótipos de robôs. Era algo capaz de imitar alguns movimentos humanos como mover braços, andar, mover a cabeça através da flexibilidade do pescoço enquanto abre e fecha a mandíbula de acordo com o comando do dono. Por volta de 1515, ele construiu um leão mecânico que podia caminhar atravéz de uma sala e no final sentava, uma porta abria de seu peito e saiam flores que eram oferecidas para o rei Francisco I. Para se divertir e entreter os convidados, o rei dava 3 chicotadas no dorso do leão, e abria outro compartimento na lateral de seu corpo com Flores de Liz – simbolo da monarquia francesa.

 

O diferencial do robô de Leonardo é que ele era programável: em vez de desmontar o brinquedo inteiro para que ele funcionasse de maneira diferente, bastava modificar a posição de alguns elementos internos — no caso, braços que faziam rodar certas engrenagens, sistema parecido com o de uma caixinha de música.

Esses dois projetos foram refeitos, com bases fiéis nos rascunhos de Leonardo da Vinci, com materiais e ferramentas disponiveis naquela época, e funcionaram perfeitamente. Voce pode ver o leão em funcionamento no Museu do Castelo de Clos Luce, na França.

Tags: leonardo da vicci, seculo xvi, efeitos especiais

© 2015/2019 - Museu dos Brinquedos - Todos os direitos reservados